Confira 5 mitos e verdades sobre como queimar gordura localizada
Powered by Rock Convert

Muita gente sofre com as gordurinhas localizadas. Às vezes parece que, mesmo depois de emagrecer, é impossível perder aquela barriguinha que insiste em se manter do mesmo jeito.

Esse é o principal motivo de surgirem várias receitas mirabolantes ensinando como queimar gordura localizada. Se você já tentou seguir alguma dessas receitas, sabe que há várias delas que não passam de mitos.

Aliás, foi pensando exatamente nisso que montamos este artigo com 5 mitos e verdades sobre queimar gordura localizada. Quer saber mais sobre o assunto? Então, continue a leitura!

Fazer jejum reduz gordura localizada?

Fazer jejum de maneira desordenada, na verdade, vai ter efeito contrário, além de trazer prejuízos à saúde. Passar muito tempo sem comer pode reduzir a velocidade do metabolismo, o que resultará no ganho de peso.

O mais indicado nesse caso é investir no jejum intermitente. Se feito corretamente, ele ajudará não apenas a perder barriga, mas também a queimar a gordura corporal como um todo.

É importante lembrar que, se não for somado a uma alimentação adequada, o jejum intermitente não trará sozinho os resultados pelos quais você está buscando.

Beber água ajuda a queimar gordura localizada?

Beber água não vai queimar aquela gordurinha que você tem lutado contra, mas pode ser de grande ajuda nesse processo. O ideal, se você está buscando emagrecer, é tomar água gelada, já que, pra manter a temperatura corporal, o corpo gastará uma quantidade significativa de energia pra aquecer o líquido frio que foi ingerido.

Outra dica é adicionar duas colheres de gengibre ralado à sua garrafa de água. O gengibre atua como termogênico e isso facilitará o processo de queima de gordura.

Comer carboidratos à noite causa gordura localizada?

A ingestão de carboidratos durante a noite aumenta sim a gordura corporal, mas não é o único causador desse problema. O recomendado é que se reduza o consumo de alimentos em geral após as 18 horas.

Além dos carboidratos, alguns alimentos são prejudiciais quando o assunto é gordura localizada, como aqueles ricos em açúcar e gordura saturada. Se você está querendo queimar aquela gordurinha, evite consumir esses tipos de alimento, sobretudo durante a noite.

A genética influencia muito na gordura localizada?

Não é segredo que algumas pessoas têm tendência a engordar e outras não. Portanto, a genética é sim uma vantagem pra alguns que estão tentando queimar gordura localizada.

Os resultados de uma rotina de dieta e exercícios físicos são maximizados se a sua genética é favorável nesse ponto, mas isso não quer dizer que quem não conta com isso permanecerá com a gordura localizada. É necessário se esforçar um pouco mais, mas com exercícios e alimentação adequados você conseguirá sim queimar as incômodas gordurinhas.

Fazer abdominais ajuda a queimar gordura localizada?

Na verdade, não. Nenhum exercício queima de fato a gordura localizada em um local específico do corpo. Isso acontece porque, quando o organismo necessita de energia durante o exercício físico, a gordura presente no corpo é consumida de maneira uniforme, ou seja, não reduz a gordura localizada apenas.

O que acontece mesmo é que, ao fazer abdominais, ocorre um fortalecimento e, consequentemente, um enrijecimento da musculatura da parede do abdome. Como resultado disso, os órgãos internos, que antes estavam deslocados pra frente, retornam ao seu lugar, reduzindo a aparência de inchaço na barriga.

Quando o assunto é queimar gordura localizada, nem tudo o que a gente escuta por aí é verdade. É importante ficar ligado pra não desperdiçar tempo seguindo alguma receita mirabolante que não trará os resultados que você espera.

E aí, você já caiu em algum dos mitos que citamos? Então, não deixe de compartilhar este post em suas redes sociais pros seus amigos também ficarem por dentro do assunto!