Proteína para emagrecer! Qual seu papel no processo de emagrecimento?
Powered by Rock Convert

Em uma busca rápida pelo Google é possível achar as mais variadas dietas e estratégias de emagrecimento. Uma delas é a dieta da proteína. Normalmente, a proteína é associada com o ganho de massa magra, devido à composição dos músculos, mas ela pode ser uma aliada no processo de emagrecimento.

Ficou interessado em saber como usar a proteína pra emagrecer? Então, continue lendo! Neste artigo, vamos explicar o que é a proteína e suas funções e o seu papel no emagrecimento.

Qual o papel da proteína no nosso corpo?

A proteína é uma macromolécula formada por uma ou mais cadeias de aminoácidos. Elas estão presentes nas células — fazem parte da membrana celular – e em vários processos do corpo. As proteínas atuam na respiração celular, no metabolismo, na produção de enzimas e hormônios e até no DNA. Alguns tecidos, como a pele e músculos, são feitos de proteínas.

Pra formar as proteínas o corpo produz alguns dos aminoácidos e outros dependem da alimentação. Eles podem ser encontrados em carnes, leguminosas, ovo, quinoa, soja, chia, salmão e outros peixes. As fontes de proteína animal são consideradas completas em relação às vegetais, pois nelas se encontram todos os aminoácidos essenciais.

Proteína pra emagrecer: como ela ajuda?

Uma dieta pra emagrecimento muito famosa é a dieta da proteína. Qualquer dieta em que 30 a 40% das calorias totais são de proteínas é considerada dieta da proteína. As mais conhecidas são a dieta cetogênica, a Atkins e Dukan. Existem algumas variações da dieta da proteína para os vegetarianos e veganos.

A base dessa dieta consiste em reduzir o consumo de carboidratos, trocando-os por proteínas. Ela funciona para o emagrecimento porque o corpo passa a usar as reservas de gordura como fonte de energia, já que não tem a glicose disponível. Além disso, as proteínas dão mais saciedade, o que ajuda a reduzir o apetite.

É uma dieta que apresenta resultados relativamente rápidos, mas não pode ser mantida por longos períodos. Com a falta da glicose, o corpo passa a usar corpos cetônicos – que são obtidos através da quebra da gordura – como fonte de energia. O problema é que eles são uma fonte de energia de reserva, para os períodos de escassez. Por isso, algumas pessoas relatam desconforto, como tontura, mal-estar e dificuldades na memória.

Existem algumas contraindicações, então, antes de se aventurar em mais uma dieta, converse com seu nutricionista ou médico. A dieta da proteína não é recomendada pra diabéticos, hipertensos e quem tem problemas de rins.

Quais alimentos consumir pra emagrecer?

Existem os alimentos que são permitidos dentro da dieta da proteína e os não permitidos. Dentre os não permitidos, alguns podem ser consumidos em uma fase menos restrita da dieta, como as oleaginosas.

Um erro comum é achar que a dieta da proteína é apenas consumir proteínas, de qualquer qualidade. O recomendável é evitar proteínas com alto teor de gorduras, como o bacon, cupim, linguiças. Pra ocorrer o emagrecimento é necessário que tenha uma restrição calórica. Por isso, o consumo de gorduras não deve ser aumentado.

Outro ponto importante é o consumo de verduras e legumes. Não basta comer somente proteínas, pois as fibras das verduras e legumes ajudam a manter o bom funcionamento do trato intestinal. Beber água pode ajudar a evitar prisão de ventre.

Confira quais os alimentos permitidos:

  • ovos;
  • carnes vermelhas magras;
  • carnes brancas;
  • peixes;
  • leite;
  • whey protein;
  • iogurte desnatado;
  • ricota e queijo frescal light;
  • presunto e peito de peru light;
  • legumes e verduras.

Confira os alimentos que não são permitidos:

  • açúcar branco e mascavo;
  • farinha branca ou integral (e alimentos feitos com ela);
  • sorvetes e doces;
  • sucrilhos;
  • refrigerantes;
  • queijos amarelos.

Alguns alimentos, como a aveia, tubérculos, granola e frutas secas têm alto teor de carboidratos. Isso não impede que esses alimentos sejam consumidos na dieta da proteína, mas deve-se atentar em relação às quantidades.

Pra saber as quantidades certas que devem ser consumidas converse com um profissional. O nutricionista é o profissional habilitado pra prescrever uma dieta individualizada, de acordo com as suas necessidades e objetivos!

O whey protein

Uma maneira de consumir proteínas é tomando whey protein. Existem três tipos de whey protein: concentrada, isolada e hidrolisada. O whey concentrado é o que possui maior quantidade de gordura. Todas as três podem ser consumidas na dieta. Pra escolher o seu, leia o rótulo e veja o mais “limpo”: aquele que tem menos ingredientes possíveis.

Atualmente, existem diversas marcas e sabores de whey protein. Uma opção pra quem é vegano ou tem alergia à proteína do leite é a proteína em pó vegana. Ele é feito com proteína vegetal, geralmente de ervilha.

O whey protein ou a proteína vegana podem ser usados no pós-treino ou como uma opção de lanche fora de casa. Sabe aquele momento que você está com fome na rua? Em vez de comer um salgado, pode tomar um shake.

Além disso, é uma maneira de acrescentar proteínas nas refeições. Por exemplo, fazer uma panqueca proteica no café da manhã ou em uma receitinha fit pra matar a vontade de doce.

O que pode ajudar no emagrecimento?

Além de uma dieta adequada, outro ponto importante é ter uma rotina de exercícios. A prática de atividades físicas aumenta o seu gasto calórico. Combinando o aumento do gasto calórico com a redução da ingestão, o déficit calórico fica maior, o que facilita o emagrecimento.

Além disso, evita que tenha perda de massa magra durante o processo, melhora a autoestima e a aparência do corpo. A prática regular de um exercício promove vários benefícios para a saúde, ajudando no combate e na prevenção de doenças crônicas, como diabetes, hipertensão e síndrome metabólica.

Pra quem fala da falta de tempo, a academia não é o único lugar onde se pode fazer um exercício. Com o uso de um aplicativo, você pode fazer exercício em qualquer lugar, em casa, na praça, no parque, até no trabalho. Basta ter disposição e disciplina!

Como podemos ver, a dieta da proteína é uma das opções pra quem quer perder peso. É possível adotar essa estratégia e usar a proteína pra emagrecer. Lembre-se que ao adotar qualquer dieta é muito importante ter o acompanhamento de um nutricionista, que é o único profissional da saúde habilitado pra prescrever dietas.

Se você gostou desse conteúdo, leia também o artigo “Proteína pós-treino: ela realmente traz resultados?” e fique por dentro de tudo o que você precisa saber sobre proteínas!

Total
50
Shares

Deixe uma resposta